Envie seu Testemunho

Envie seu testemunho

Gilson Lima

Todas as coisas que so abalveis sero abaladas, para que as inabalveis permaneam. Gilson Lima

Gilson Lima nasceu em 31 de dezembro de 1959, em Recife, Pernambuco. Gilson era policial federal aposentado, praticou pra-quedismo por muitos anos, gostava muito de motocicletas e era sempre divertido e aventureiro, mas fez da prioridade de sua vida o servio ao Senhor.
Gilson Lima

Mensagens de Cura


Mensagens de Edificao

Testemunhos

Luis e Marcela Montanhani

Homem de Deus , guiado pelo Espirito ,vivia a palavra , fui recepcionado em sua casa , assim que cheguei em Campina Grande para fazer a escola de Ministro , foi um abenoador e um pai na vida da minha famlia .No tem como esquecer tudo que ele fez por ns , e quando todos diziam para voltarmos para So Paulo no 1 ano em Campina Grande por no conseguir fazer a escola ,e como ns o ouvia ,ele disse assim como o E.S. o revelou no vou ser mais um em dizer para vc. voltar , mais vou ajud - los nesse tempo aqui . Foi um paizo que marcou a nossa vidas . Como esquecer ? O nome da Primeira filha , foi em homenagem a ele ,Laryssa . Luis e Marcela Montanhani.

Alexander Knig Ribeiro

Queremos agradescer a voc Carolina pela sensibilidade em disponibilizar um To rico testemunho de nosso Saudoso irmo Gilson Lima . Minha vida e ministrio foi totalmente impactando pela trajetria deste irmos dentro tanos encontros que tive com ele , um me marco , quando a primeira vez que o conheci ele disse a seguinte fraze| : "No mais por Palavras de outros , agora meus olhos te v." Aleluya. Obrigado Carol e Flvio por to grande obra. Alex e familai

Mara Alfredo de Lima Guimares

Graa e paz Carolina, muito obrigada por nos presentar com essas ministraes so verdadeiras prolas!! e uma forma d no esquecer esse homem de Deus, que tanto nos abenoou. Grata por tudo!! um forte abrao. Mara Lima

Mara Alfredo de Lima Guimares

Gilson, meu irmo querido suas palavras tem ecoado em meu corao at hoje, trazendo cura e alegria. Com muita saudades Mara Lima :)

Railson

Parabens irm que Deus continue ecoando em teus ouvidos as direes que voc ouviu do nosso Pai, parabens mesmo, espero um dia ter a oportunidade de reencontro em um lugar todo os filhos deles, proclamando, ensinando e pregando tudo o que eles no deu, fraterno abrao, Railson.

Pablo Jatob

Parabns Carolina, tio gilson sempre falava muito bem de voce e de seu ministerio, tenho certeza que ele faz parte dessa sua vitoria, como faz da minha e faz de tantas outras pessoas, porque ele era Homem como poucos, tinha carater como poucos, servia como poucos, amava como poucos, amigo como poucos e pra mim um tio nco! Ele realmente fazia a diferena em tudo que fazia, sobre tudo amava a todos de forma diferente e especial. Muita saudade desse sorriso dele!

Juci Arcanjo

Parabens! pelos dois anos, sei que a base foi iniciada a bem mais tempo e tem a cooperao de nosso amigo em comum, Gilson LIma, o maior incentivador de nossos ministrios, acredito eu. Carregamos parte de sua uno sobre ns, para glria de Deus em Cristo, por nosso intermdio veremos Deus realizar obras ainda maiores...avance, avance, avance! Jusci Arcanjo, missionrio no Japo!

Ap. Bud Wright

No h palavras para descrever o tamanho da gratido que todos ns temos pela influncia que a vida de ?Gilso?, como era carinhosamente chamado por muitos, exerceu na vida daqueles que estavam sua volta. Ele deixar saudades, mas tambm grandes exemplos. Sua vida, perseverana, ousadia e compaixo no devem ser esquecidas, mas sim seguidas por todos ns.

Envie seu testemunho

Gilson Lima 2017 Todos os direitos reservados
Meu Rei! Meu Rei! Eu te amo, meu Rei. Gílson Lima

Gilson Lima nasceu em 31 de Dezembro de 1959, em Recife, Pernambuco. Gilson era policial federal aposentado, praticou pára-quedismo por muitos anos, gostava muito de motocicletas e era sempre divertido e aventureiro, mas fez da prioridade da sua vida o serviço ao Senhor, cumprindo o seu chamado nesta Terra fazendo aquilo que mais sabia: Amar as pessoas.

Após residir em vários lugares do país, na Paraíba conheceu Sylvia Lima, com quem se casou em 1992. Por quase 20 anos, esse homem de Deus teve ao seu lado uma “leoa da fé”, palavras do próprio Gilson, referindo-se à sua esposa. E com ela, foi galardoado com três filhos: Larissa, Felipe e Daniel.

Filho único de “seu Lima” e “dona Luísa”, serviu à Aeronáutica. Depois, ingressou na Polícia Federal. Mas, já se completa mais de 20 anos de quando viveu o dia mais marcante de sua vida, o do seu novo nascimento, em 1989, na Igreja Missão Nova Vida.

Agarrou o Evangelho com toda intensidade, pregando as boas novas por onde passava. As transformações que a Palavra de Deus gerou em sua vida foram e são testemunhos vivos dignos de grande admiração para muitas pessoas.

Muitos foram evangelizados por ele, a exemplo de Guto Emery, seu grande amigo, hoje diretor executivo do Ministério Verbo da Vida. Juntos, conheceram o Ap. Bud e Jan Wright, no início da década de 90, e passaram a servir ao Senhor com eles. Gilson foi uma grande base para o início da Igreja e do Centro de Treinamento Bíblico em Campina Grande, PB. Mesmo sem conhecer tão bem o casal de americanos, ele se ofereceu para ser fiador de uma casa que alugaram.

Desde aquela época, Gilson acompanhou o casal Ap. Bud e Jan Wrigth e, com eles, aprendeu a dar os primeiros passos ousados na fé, formando-se na turma pioneira, em Campina Grande. Auxiliando na estruturação das Igrejas e Escolas, ele lecionou no Rhema Brasil, matérias como: Cristo, Aquele que cura e Manifestações do Espírito, edificando e fortalecendo chamados individuais de pessoas em todo o Brasil. Quem não foi levantado por Gilson ao se encontrar com ele?

Sempre foi singular, em Gilson, a atenção que dispensava às pessoas. São inesquecíveis as lembranças de quando começava uma ministração dando as boas vindas ao Espírito Santo, dizendo com todas as letras: “É pra tua glória meu Rei!”

Em 14 de Julho de 1999, em uma Conferência de Ministros no Mardunnas, Gilson foi reconhecido como profeta, através do Ap. Bud Wright. O profeta não deixou de ser o “ser humano” Gilson, aquele que tinha uma sensibilidade à flor da pele e a transmitia sobre a nossa vida.

Um homem de coração generoso, que não media esforços para abençoar o corpo de Cristo em suas diversas formas de bondade. Ofertou sua casa para a compra do terreno onde hoje é a Igreja Verbo da Vida sede, além de carros, motos e muitos outros bens para outros propósitos, visando o avanço da obra de Deus.

Ele foi curado milagrosamente de um câncer e usado por Deus para consolar outros com a consolação que havia recebido.

Nestes últimos anos, Gilson foi o braço direito do Pr. Moacir Amarante, na congregação da Zona Sul. Lá, desde 2007, era o responsável pelos cultos das quintas-feiras, à noite, conhecidos como “Cultos de Cura” ou “Escola de Cura”. São inúmeros os testemunhos de pessoas que foram livres, restauradas e receberam milagres nessas reuniões.

Um adorador, grande filho, homem de integridade, esposo fiel, pai motivador, são muitas as expressões e qualidades que poderiam defini-lo.

Nesta sexta-feira, 21 de Outubro de 2011, Gilson foi para o Senhor. Lamentamos a perda deste irmão e amigo tão amado, mas nos alegramos na certeza de que ele está em um lugar melhor do que todos nós, com o Senhor.

Como declarou o Ap. Bud Wright no Centro de Operações do Ministério Verbo da Vida nesta manhã, citando o Salmo 116.15 “Preciosa é aos olhos do Senhor a morte dos seus santos”; “Gilson foi muito amado e importante para todos, lamentamos sua perda mas, por dentro, nos alegramos porque ele chegou mais cedo do que nós naquele lugar, onde, como crentes, almejamos chegar. A morte não é um instrumento usado por Deus para nos levar para perto, ela não é culpa dEle. Não pergunte ao Senhor o porquê, porque Ele poderá lhe dizer: Não é da sua conta!”.

Não há palavras para descrever o tamanho da gratidão que todos nós temos pela influência que a vida de “Gilsão”, como era carinhosamente chamado por muitos, exerceu na vida daqueles que estavam à sua volta. Ele deixará saudades, mas também grandes exemplos. Sua vida, perseverança, ousadia e compaixão não devem ser esquecidas, mas sim seguidas por todos nós. Ele partiu para encontrar com o Rei em 21 de novembro de 2011.